A Metrópole em questão

DO NOT DELETE

A Metrópole em questão: desafios da transição urbana

Author: Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro
Pages: 313
Genre(s): Livros
Publisher: Letra Capital
Subject: planejamento urbano;
Country: Brasil
Publication Year: 2018
Editionfalse
Finished? Yes, on05-20-2018
Signed? No
Description
A temática urbana-metropolitana está no centro da questão social brasileira — apesar de não receber a mesma importância na agenda política do país — e deverá estar no centro dos conflitos sociais nos próximos anos. Para contribuir com esse debate, a Rede INCT Observatório das Metrópoles promove o lançamento do livro “A Metrópole em Questão: desafios da transição urbana”, do professor Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro. A publicação se constitui como obra fundamental para entender as transformações contemporâneas vividas pelas cidades e metrópoles brasileiras, a partir de uma síntese interpretativa da transição urbana do Brasil no período 1980-2010. Além disso, o livro contribui para a identificação dos grandes desafios que temos pela frente, e sugere caminhos possíveis como a geração de processos democráticos de planejamento urbano capazes de reverter desigualdades sociais que marcam as cidades brasileiras. O livro é constituído por um conjunto de artigos do professor Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro que sintetiza sua reflexão crítica a respeito da transição urbana brasileira nos últimos trinta anos (1980-2010). E também expressa parte da produção científica da Rede Observatório das Metrópoles relativa ao período 2009-2015 a partir do qual passou a integrar o Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCT/CNPq). “O destino das metrópoles está no centro dos dilemas das sociedades contemporâneas e, também, da sociedade brasileira. O conjunto das 15 metrópoles que temos estudado concentra as forças produtivas do país — 64% da capacidade tecnológica nacional, por exemplo. Porém, são também territórios marcados por dinâmicas de fragmentação social e política, sobre os quais prevalece frágil ação de governabilidade”, aponta Luiz Cesar Ribeiro.