Bem-Estar Urbano é tema no 6º Fórum Rio

O Observatório das Metrópoles será um dos participantes da sexta edição do Fórum Rio, que acontece no dia 28 de novembro em Queimados, na Baixada Fluminense. Iniciativa da Casa Fluminense, o fórum é um espaço aberto para o diálogo e construção de um Rio de Janeiro menos desigual e mais democrático. Nesse contexto Marcelo Ribeiro e Juciano Rodrigues irão analisar a questão da segregação e desigualdade na metrópole do Rio, e apresentar o Índice de Bem-Estar Urbano (IBEU) para subsidiar grupos e coletivos no debate para a formulação de políticas públicas.

O INCT Observatório das Metrópoles apóia a missão do Fórum Rio que é um espaço aberto para coletivos, associações, organizações, grupos e indivíduos – nos vários pontos da Região Metropolitana – compartilharem seus compromissos com um Rio de Janeiro menos desigual e mais democrático; espaço de estímulo à participação cidadã, à transparência na gestão pública e na defesa de políticas voltadas à promoção de igualdade, o aprofundamento democrático e o desenvolvimento sustentável na região metropolitana do Rio.

No 6º Fórum Rio, a equipe do Observatório das Metrópoles participa do Diálogo “Índice de Bem-Estar Urbano (IBEU) e o Desenvolvimento Local de Japeri: construindo diálogos e pontes” (sala 17), no qual os pesquisadores Marcelo Gomes Ribeiro e Juciano Martins Rodrigues (IPPUR/UFRJ) irão analisar o padrão histórico de segregação e desigualdade no Rio, bem como apresentar o Índice de Bem-Estar Urbano (IBEU) – instrumento criado pelo Observatório para avaliação de políticas urbanas para o país.

O IBEU procura avaliar a dimensão urbana do bem-estar usufruído pelos cidadãos brasileiros promovido pelo mercado, via o consumo mercantil, e pelos serviços sociais prestados pelo Estado. Por meio do índice é possível analisar indicadores de mobilidade urbana; condições ambientais urbanas; condições habitacionais urbanas; atendimento de serviços coletivos urbanos e infraestrutura urbana.

A proposta de apresentar o IBEU no 6º Fórum Rio é oferecer indicadores e dados que possam subsidiar coletivos, grupos e indivíduos no debate para formulação de políticas públicas na Baixada Fluminense e em toda a região metropolitana do Rio de Janeiro.

O fórum irá realizar uma audiência pública popular sobre o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana (PDUI), buscando reunir propostas para a elaboração do documento. No mês de novembro, a Câmara Metropolitana de Integração Governamental, órgão do Governo do Estado do Rio, iniciou os trabalhos para a elaboração desse plano. A sociedade civil pode e deve participar ativamente desta construção.

Leia a seguir a apresentação do 6º Fórum Rio. As inscrições estão abertas. Participe e ajude a divulgar essa iniciativa.

Inscrições para participar do 6º Fórum Rio, em Queimados, estão abertas

Vans sairão de diversos pontos da metrópole rumo ao município da Baixada Fluminense para o evento do próximo dia 28 de novembro

Quais ações e metas prioritárias devem estar contidas no Plano de Desenvolvimento Metropolitano, em elaboração no Rio?

Na última edição de 2015, o Fórum Rio volta à Baixada Fluminense, dessa vez no município de Queimados, dia 28 de novembro, das 9h às 17h, com a realização de mais de dez atividades selecionadas entre os parceiros da Casa Fluminense, entre debates temáticos e oficinas. Além disso, o evento promove uma Feira de Integração, com stands de organizações da sociedade civil e movimentos, apresentações culturais e exposições, num espaço de compartilhamento de informações e repertórios diversos.

CLIQUE AQUI, INSCREVA-SE E SOLICITE TRANSPORTE DE IDA E VOLTA DO EVENTO

Na parte da tarde, será realizada uma audiência pública popular sobre o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana (PDUI), buscando reunir propostas para a elaboração do documento. No mês de novembro, a Câmara Metropolitana de Integração Governamental, órgão do Governo do Estado do Rio, iniciou os trabalhos para a elaboração desse plano. A sociedade civil pode e deve participar ativamente desta construção.

Por isso, convidamos lideranças sociais, gestores públicos e todos os cidadãos interessados em uma metrópole mais justa, democrática e sustentável, para debater quais metas e ações devem estar contidas no Plano de Desenvolvimento Metropolitano.

Mas o que é o Fórum Rio?

O Fórum Rio é um encontro itinerante de associados e parceiros da Casa Fluminense, que acontece três vezes ao ano, para ampliar a articulação da sociedade civil metropolitana e aprofundar a discussão sobre políticas públicas capazes de reduzir desigualdades e aumentar a democracia. Chegará a sua sexta edição em novembro de 2015, em Queimados após ter passado por Nova Iguaçu, São Gonçalo, Senador Camará e centro do Rio.

Onde acontece o evento?

Na Escola Municipal Professor Leopoldo Machado. O endereço é Avenida Vereador Marinho Hemetério de Oliveira, 696, no centro de Queimados, a dez minutos da estação de trem de Queimados.

Qual a programação?

9h00 – Credenciamento e café da manhã

9h10 – Intervenções culturais e Feira de Integração

10h00 – Oficinas e Debates temáticos

Sala 8 – Mobilidade, Transporte e Cidadania

Coordenação: Queimados pedalando para o futuro e Grupo de Estudos sobre mobilidade urbana, transporte e cidadania.

Sala 9 – Políticas de prevenção à violência: O que fazer?

Coordenação: Fórum Grita Baixada

Sala 10 – Dilemas e desafios do saneamento básico na região metropolitana.

coordenação: MPS – Movimento Pró-Saneamento e Meio Ambiente da Região do Parque Araruama – São João de Meriti/RJ.

Sala 11 – Oficina: Estudo de caso dos catadores de Seropédica e Itaguaí após o fechamento do lixão de suas cidades.

Coordenação: Instituto de Estudos da Religião (ISER)

Sala 12 – Economia Criativa e Desenvolvimento: Apresentação da primeira experiência de Coworking na Baixada Fluminense.

Coordenação: Gomeia Galpão Criativo

Sala 13 – Terrenos baldios e imóveis abandonados: O que o poder público pode fazer?

Coordenação: IPPUR/UFRJ

Sala 14 –  Transparência, Controle social e orçamento público: Apresentação de análise sobre três orçamentos municipais da Baixada Fluminense.

Coordenação: Observatório Social de Duque de Caxias

Sala 15 – Lançamento e debate do livro “O Meu Lugar”

Coordenação: Mórula Editorial

Sala 16 – Eco Museu: Aprofundando conhecimento e demandas do território

Coordenação: EcoMuseu de Sepetiba

Sala 17 – Índice de Bem-Estar Urbano (IBEU) e o Desenvolvimento Local de Japeri: Construindo diálogos e pontes.

Coordenação: Mobiliza Japeri e Observatório de Metrópoles / IPPUR

Sala 4 – Oficina de Fotografia

Coordenação: Coletivo Câmera na mão

12h30 – Almoço / apresentações musicais

14h00 – Audiência pública sobre o Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana.

Os participantes do poder público e da sociedade civil estão convidados a responder à seguinte provocação:Quais ações e metas prioritárias devem estar contidas no Plano de Desenvolvimento Metropolitano, em elaboração no Rio?

16h30 – Encerramento

E mais: Feira de Integração, intervenções culturais e exposições durante toda programação

Parceiros do Fórum Rio

Associação da Comunidade Tradicional Engenho do Mato – ACOTEM; Agência de Redes para Juventude; Anistia Internacional; Associação de Professores e Pesquisadores de História – APPH-CLIO, Bazar Nega Metida; Biblioteca Comunitária Solano Trindade, Bike Anjo; Capa Comics; Casa da Rua do Amor; Centro de Estudo de Segurança e Cidadania – CESeC; Centro Cultural Irmãos Kennedy; Cia. do Invisível; Cineclube Mate com Angu; Circo Crescer e Viver; Coletivo Câmera na Mão; Comunidades Catalizadoras – ComCat; Congresso Cultural da Zona Oeste; EcoMuseu de Sepetiba; Fórum dos Atingidos pela Indústria do Petróleo e Petroquímica nas cercanias da Baía de Guanabara – FAPP-BG; Festa Literária da Zona Oeste – FLIZO; Fórum de Resistência contra com Shopping – FORAS/Caxias; Fórum Comunitário de Jardim Gramacho; Fórum Grita Baixada; Gomeia Galpão Criativo; Guardiões do Mar; Grupo de Estudos sobre Mobilidade, Transportes e Cidadania; Instituto Abraço do Tigre; Instituto Ecologic; Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade – IETS; Instituto de Arquitetos do Brasil – IAB/RJ; Instituto de Estudos da Religião – ISER, Instituto de Planejamento Urbano e Regional – IPPUR/UFRJ, Instituto Rio; Instituto Vivos por Direitos; Instituto Novo Mundo; Laboratório de Estudos Urbanos – CPDOC/FGV, Livro de Rua; Meu Rio; Mobiliza Japeri; Mórula Editorial; Movimento Enraizados; Movimento Projeto Central; MPS-São João de Meriti; Mulheres de São Gonçalo; Observatório de Favelas; Observatório de Metrópoles; Observatório Social de Niteroí, Observatório Social de Duque de Caxias; O Instituto; Ponto de Cultura Lira de Ouro; Queimados Encena; Rebaixada; Redes de Desenvolvimento da Maré; Rede Funk Social; Rede de Mobilização Socioambiental de São Gonçalo; Rio Como Vamos; RioReal Blog; Festival Roque Pense; Sarau Apadrinhe um Sorriso; Sarau do Escritório; Spectaculu; SerCidadão; Terreiro de Ideias; TETO, Transferro/MDT; UrbanosBF; Virtu Produções

Anfitriões

Queimados Encena,

Rádio Novos Rumos,

Queimados pedalando para o futuro.

Realização

Casa Fluminense

Última modificação em 17-11-2015 16:36:18

 

Tags: , , , , , ,