Dossiê Violações do Direito ao Esporte e à Cidade

Dossiê Violações do Direito ao Esporte e à Cidade

O Comitê Popular Rio Copa e Olimpíadas promove o lançamento, no dia 22 de setembro, do Dossiê das Violações do Direito ao Esporte e à Cidade, com o tema “Cadê o legado esportivo da Olimpíada do Rio de Janeiro?”. O evento acontece na sede do Sindicato dos Jornalistas do Rio, às 18h 30.

 

Menos de um ano para a abertura da Olimpíada 2016, o que está acontecendo com o Estádio de Remo da Lagoa, o Campo de Golfe (Barra da Tijuca), o Parque Olímpico (Barra da Tijuca), o Maracanã, o Estádio de Atletismo Célio de Barros, o Parque Aquático Júlio Delamare, e a Marina da Glória (Aterro do Flamengo)?

Tudo indica que existe uma forte relação entre a mercantilização do esporte e a mercantilização da cidade, entre a violação do direito ao esporte e as violações ao direito à cidade.

 

Lançamento do DOSSIÊ DAS VIOLAÇÕES DO DIREITO AO ESPORTE E À CIDADE: CADÊ O LEGADO ESPORTIVO DA OLIMPÍADA DO RIO DE JANEIRO?

Debate com:

>> Gilmar Mascarenhas – Pesquisador dos megaeventos esportivos e professor da UERJ
>> Demian Castro – Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio de Janeiro
>> Fabiana Beltrame – Remadora brasileira, campeã mundial na Eslovênia em 2011
>> Solange Chagas do Valle – Presidente da Associação de Atletas e Amigos do Célio de Barros

Local: Sindicato dos Jornalistas

Rua Evaristo da Veiga, 16, 17º andar

Hora: 18h30

 

Leia também:

Dossiê Megaeventos e Direitos Humanos no Rio de Janeiro

 

 

Tags: , , ,