IBEU Municipal é notícia na Folha de São Paulo

Presidente Sarney (MA)

O Índice de Bem-Estar Urbanos dos Municípios Brasileiros (IBEU Municipal) foi tema de reportagem do Jornal Folha de São Paulo, na edição do dia 17 de outubro. Com o título “Presidente Sarney (MA) é a cidade com a pior colocação no Bem-Estar Urbano”, de Marco Aurélio Canônico, a matéria mostra a realidade da cidade no interior do estado do Maranhão que apresentou o pior colocação entre 5.565 municípios do país. Segundo o texto “sem rede de esgoto e com um sistema de abastecimento de água irregular (instalado em 2010), os quase 20 mil habitantes da última colocada se valem de fossas sanitárias e de poços artesianos. A cidade está numa região alagadiça, a Baixada Maranhense, a cerca de 200 km de São Luís, e, no período das chuvas (de janeiro a julho), é comum as fossas encherem”.

A reportagem também compara os resultados do IBEU Municipal com o Índice de Desenvolvimento Humano dos Municípios (IDHM) e com o Ranking de Eficiência dos Municípios (criado pela própria Folha). E mostra o esforço na construção de dados e indicadores que possam subsidiar a elaboração de políticas públicas urbanas para o país.

O Índice de Bem-Estar Urbanos dos Municípios Brasileiros foi lançado no dia 22 de setembro pela Rede INCT Observatório das Metrópoles com o propósito de oferecer mais um instrumento para avaliação e formulação de políticas públicas. O índice apresenta um levantamento inédito sobre as condições urbanas dos 5.565 municípios brasileiros, a partir da análise de dimensões como mobilidade, condições ambientais urbanas, condições habitacionais, atendimentos de serviços coletivos e infra-estrutura. O IBEU-Municipal mostra que entre os maiores desafios do Brasil estão a infraestrutura e os serviços coletivos. Ao avaliar o atendimento adequado de água e esgoto, coleta de lixo e atendimento de energia, mais de 50% dos municípios estão em condições ruins nesses serviços.

O IBEU Municipal oferece também, como recorte analítico, o ranking do bem-estar urbano das capitais dos estados (Vitória, Goiânia e Curitiba, por exemplo, estão nas primeiras posições; e Belém, Porto Velho e Macapá ocupam as últimas).

Acesse, no link a seguir, a base de dados do IBEU Municipal.

Leia a reportagem completa da Folha de São Paulo no link: Presidente Sarney (MA) é a cidade com a pior colocação no Bem-Estar Urbano.

IBEU MUNICIPAL E DIFUSÃO CIENTÍFICA

O IBEU Municipal foi noticiado em mais de 80 veículos de imprensa do Brasil, como Jornal Estado de São Paulo, Isto É, Exame, Veja, UOL, R7, Rádio Band News FM, Gazeta do Povo, EBC etc. Esse resultado reafirma o compromisso da Rede Observatório das Metrópoles de produzir conhecimento científico relacionado à gestão das cidades do país e compartilhá-lo com a sociedade brasileira a fim de subsidiar a reflexão e a elaboração de políticas públicas. Veja o Relatório de Difusão Científica do IBEU Municipal, com os dados de sua circulação pelo país.

Durante dez dias o IBEU Municipal foi tema de inúmeras reportagens por todo o Brasil interessadas em apresentar os dados sobre o bem-estar urbano. Esse resultado foi parte do trabalho da Assessoria de Comunicação do Observatório das Metrópoles focada no trabalho de difusão científica, visando o compartilhamento das informações produzidas pela rede nacional de pesquisa para todos os públicos interessados em debater e refletir sobre a gestão das cidades brasileiras. Esse empenho da Rede Observatório das Metrópoles no tocante à difusão do conhecimento está em consonância com o Programa Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT/CNPq).

Veja o Clipping do IBEU Municipal e a difusão do debate sobre o bem-estar urbano em todo o Brasil.

 

 

Tags: , , ,