Iº Seminário Transportes, Urbanização e Equidade Social

O Laboratório Redes Urbanas e Organização Territorial do IPPUR/UFRJ convida para o Iº Seminário Transportes, Urbanização e Equidade Social, que será realizado no dia 25 de junho, das 9h às 13h no Auditório G2 na Faculdade de Letras, na Cidade Universitária da UFRJ.

O Seminário conta com Comitê Organizador e Científico composto por Prof. Dr. André Luiz Bezerra da Silva (Instituto Benjamin Constant/Departamento de Geografia) e Prof. Dr. Mauro Kleiman (IPPUR/UFRJ)

ESCOPO DO SEMINÁRIO

Tendo como base a concepção de território, entendido em suas diferentes escalas, como lugar dos movimentos, fluxos, interações, pretende-se abordar no seminário a temática dos transportes através da ótica inovadora que traspasse seu entendimento restrito à técnica e suas engenharias, tratando-o sob sua perspectiva de sua função social recurso social de mobilidade e sua relação com o processo de urbanização.

Acentua-se, assim, um entendimento que embora a mobilidade dependa de meios de transporte não existiria sinonímia entre as duas designações. Transporte se correlaciona com deslocamento nos espaços físicos geográficos, é uma atividade/função da economia capitalista relacionada à correlação espaço/tempo, que procura vencer distâncias no menor tempo possível ao menor custo, movimentando cargas (quaisquer que sejam, como agrícolas, industriais, comerciais, entre outras) e a Força de Trabalho.

Mobilidade, por seu turno, traz um outro entendimento, para além dos deslocamentos físico-geográficos, que se fundamentam na ordem social e cultural pois se refere à capacidade dos indivíduos, e classes a que pertençam, de traspassarem, e em qual grau, as barreiras hierárquicas configuradas no território segregado do capitalismo, com as cidades configuradas com espaços especializados e divididos utilitariamente e socialmente. Implica, assim, sendo, em interações sociais. Supõe-se, desta maneira a existência de graus diferenciados de mobilidade, desde a impossibilidade de se movimentar, mobilidades parciais, até a mobilidade plena. Mas a mobilidade dependera,

claro também, de quais modais de transporte e seus desempenhos/capacidade/qualidade se apresentam no território.

As relações entre transporte e mobilidade não se tratam, então, de uma mera questão de

aritmética, de uma engenharia, mas de uma função social, ainda que dependa de técnicas. A capacidade de mobilidade é uma condição de participação no mundo urbano, mas que para efetivar-se precisa de um conjunto de fatores, que pretendemos o seminário como espaço de debates e diálogos para aprofundar novos entendimentos, políticas públicas, planejamento, e outros elementos , em busca de um território mais equânime social e econômico.

Neste sentido, o seminário esta pensado como espaço de diferentes abordagens sobre sua temática envolvendo aspectos conceituais, sociais, culturais, econômicos, jurídicos, políticas públicas, planejamento,modais alternativos, inovações.

MODELO DE ORGANIZAÇÃO DO SEMINÁRIO

1-Palestrantes convidados previamente, que formarão duas mesas de debates,

uma com início as 9hs da manhã e a segunda as 11hs.

Os palestrantes convidados são:

a) André Luiz Bezerra da Silva – IBC

b) Bernardo Serra – ITDP

c) Filipe Ungaro Marino – Labmob – PROURB-UFRJ

d) Mauro Kleiman – IPPUR-UFRJ

e) Rosângela Luft – IPPUR-UFRJ

f) Vinícius Fernandes da Silva – Colégio Pedro II

COMUNICAÇÕES ESCRITAS

Abertas a todos interessados no tema: estudantes de todos os níveis de ensino, pesquisadores, professores de todas as áreas da ciência poderão encaminhar para exame do Comitê Científico textos com um mínimo de 7 e no máximo de 10 pgs incluso referencias bibliográficas folha tamanho A4 fonte Times new Roman corpo 12 espaçamento 1,5 e margens todas com 2,5cm e os aprovados terão os textos publicados em nº da revista Chão Urbano(indexada no ISSN classificada no Qualis CAPES acessível livremente em www.chaourbano.com.br).

Os textos devem conter resumo de até 100 palavras, palavras chave-máximo de cinco; apresentação do problema a ser abordado, metodologia, discussão e conclusão, devendo ser encaminhados até 25 de maio de 2018 para kleiman@ippur.ufrj.br.

PARTICIPANTES OUVINTES

Participação livre com vagas de acordo com capacidade do local de realização do Seminário. Inscrições até 25 de maio de 2018 no link que será disponibilizado em breve no site do IPPUR.

Acesse a chamada do evento AQUI.

 

Tags: , , , ,