Por Mariana Albinati¹

Na próxima segunda-feira, dia 27, às 19h, acontece a atividade de lançamento da pesquisa “Diagnóstico Cultural – estudo da aplicação da Lei Aldir Blanc no Rio de Janeiro”. A iniciativa, capitaneada pelo LABCult_Rio, grupo integrante do Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura (CLAEC), e pelo Observatório das Metrópoles Núcleo Rio de Janeiro, pretende investigar o atual panorama da cultura na capital fluminense, realizando um diagnóstico participativo com amplo envolvimento de agentes culturais atuantes na cidade.

A produção desse diagnóstico também visa contribuir nas trocas de conhecimento sobre a cidade e as políticas culturais e estimular a participação dos agentes do campo da cultura na elaboração das políticas públicas para o setor. A pesquisa procura enfocar, de forma especial, as mudanças no mundo do trabalho cultural dentro do atual contexto da pandemia de Covid-19, assim como as diferentes relações entre cultura e território que se estabelecem no tecido urbano carioca.

A pesquisa se desenvolverá em quatro fases, envolvendo a aplicação de questionários, a análise de dados sobre a aplicação da Lei Aldir Blanc de emergência cultural na cidade, a realização de rodas de conversa com agentes culturais, além de entrevistas.

O lançamento da pesquisa, no próximo dia 27, marca o início do período de aplicação de um questionário que compõe a metodologia de coleta de informações sobre o panorama atual do campo da cultura na cidade do Rio de Janeiro. Das estratégias escolhidas para a pesquisa, o questionário é aquela que busca chegar ao maior número de agentes culturais. Sem a pretensão de alcançar todos os trabalhadores da cultura da cidade, dadas as restrições de tempo e recursos, as questões buscam compreender a situação do campo através da realidade socioeconômica de seus agentes, das condições atuais do trabalho cultural e da perspectiva desses agentes sobre as políticas culturais do município.

A partir de uma estrutura base elaborada pela equipe de pesquisa do CLAEC, iniciou-se o trabalho de construção coletiva desse instrumento, contando com a parceria do Observatório das Metrópoles, que buscou agregar à pesquisa a perspectiva das relações territoriais, voltando o olhar para as diferentes formas de espacialização das políticas culturais nos bairros e regiões da cidade, em relação com suas dinâmicas territoriais particulares.

O instrumento foi afinado a partir de rodas de conversa compartilhadas com agentes culturais de diferentes territórios da cidade, com distintas formas de atuação no campo. Essas conversas, que envolveram 13 (treze) agentes das 05 (cinco) Áreas de Planejamento do município, ocorreram entre os meses de julho e agosto de 2021, com o objetivo de mobilizar diferentes atores do campo cultural para a construção e implementação do questionário, dando início a um rico processo de escuta e diálogo sobre as temáticas a serem abordadas.

O questionário resultante deste processo está dividido em 06 blocos temáticos, procurando identificar o perfil socioeconômico do trabalhador da cultura carioca, entender sua posição no campo da cultura, as relações com os públicos das atividades culturais, com as políticas públicas de cultura, a intensidade e as formas de sua participação na elaboração dessas políticas e colher impressões sobre os desafios para uma política cultural que compreenda a valorização da diversidade, a redução das desigualdades a partir do reconhecimento das diferenças e o papel da cultura no desenvolvimento da cidade.

O evento acontecerá no formato online, através do canal do CLAEC no Youtube.

Serviço:

Diagnóstico cultural – Estudo da aplicação da Lei Aldir Blanc no Rio de Janeiro
Data: 27 de setembro de 2021 (segunda-feira)
Horário: 19:00
Transmissão: canal do CLAEC no YouTube
Acesso: https://youtu.be/1OrfLZxuoho 

¹ Professora do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional da da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IPPUR/UFRJ) e pesquisadora do Observatório das Metrópoles Núcleo Rio de Janeiro.