Observatório das Metrópoles adere à Plataforma Global pelo Direito à Cidade

No último mês, a rede Observatório das Metrópoles aderiu à Plataforma Global pelo Direito à Cidade. Trata-se de iniciativa de um conjunto de organizações, iniciada em 2014, com o propósito de construir um movimento internacional pelo direito à cidade. Apesar do pouco tempo de existência, a plataforma conta hoje com mais de 250 instituições como membros, de 55 países.

A Plataforma Global visa a contribuir para a adoção de compromissos, políticas públicas, projetos e ações voltadas ao desenvolvimento de cidades justas, democráticas, sustentáveis e inclusivas pelas instâncias das Nações Unidas e pelos governos nacionais e locais. Além disso, a plataforma tem um compromisso com a ação política em torno da defesa e cumprimento do direito à cidade, garantindo voz a pessoas e comunidades afetadas pela exclusão e marginalização.

Seus eixos estruturantes são: os Direitos Humanos nas Cidades; a Governança Democrática e Participativa das Cidades; a Urbanização e Uso Sustentável do Território e Inclusão Social; o Desenvolvimento Econômico e Inclusão Social nas Cidades.

A pertinência com a atuação e os objetivos do Observatório das Metrópoles embasa sua adesão à plataforma, que deve potencializar a atuação de incidência política e a difusão de conhecimento produzido pela rede, fortalecendo trocas e ações de cooperação internacional.

Atualmente a plataforma está realizando seu planejamento para o próximo biênio e o Observatório das Metrópoles terá papel ativo neste momento, colaborando com as estratégias de produção de dados e incidência relacionadas à temática da financeirização, em âmbito nacional e latino-americano.

Para saber mais sobre a Plataforma Global pelo Direito à Cidade, CLIQUE AQUI.

 

Tags: , , ,