Segregação urbana e desigualdade de oportunidades

De forma a dar continuidade aos estudos que investigam a relação entre segregação urbana e desigualdades de oportunidades educacionais, o Observatório das Metrópoles renova mais um período em parceria com o Observatório Educação CAPES/INEP: os núcleos do Rio de Janeiro e de Natal seguem, por mais quatro anos, como integrantes do Observatório Educação e Cidade, projeto que tem como objetivo estimular o crescimento da produção acadêmica e a formação de recursos humanos pós-graduados, nos níveis de mestrado e doutorado.
 Nos anos de pesquisa do Observatório Educação – núcleo Natal, o Projeto Mapa Social da Região Metropolitana de Natal: Inferências na Qualidade Escolar centrou suas análises nas desigualdades que marcam as grandes aglomerações urbanas, especialmente a área metropolitana de Natal. Neste contexto, aprofundou o tema da educação básica à identificação das possíveis causas da vulnerabilidade social dos jovens na Região Metropolitana de Natal – RMN utilizando bases de dados novas e atualizadas disponibilizadas pelo Instituto Nacional de Educação Pública – INEP. O esforço investigativo se somou a um conjunto de indicadores relacionados com a vida social educativa, que são agrupados nas seguintes dimensões: sócioocupacional, contexto, institucional, ensino-aprendizagem e educacional. Agora, mais uma vez integrante do Observatório Educação, o núcleo de Natal do Observatório das Metrópoles pode dar continuidade aos trabalhos que tratam do tema da educação e sua relação com a vulnerabilidade social dos jovens na RMN.

Já o Observatório da Educação e Cidade – Rio de Janeiro, nos últimos quatro anos, se consolidou como um núcleo de pesquisa que tem como temática central as desigualdades de oportunidades educacionais, considerando de forma integrada os diferentes contextos e agentes atuantes nesse processo: o da cidade, o da escola e o da família. Destaca-se, entre as preocupações do grupo, a dimensão territorial de políticas públicas de acesso a bens e serviços, bem como mecanismos iníquos de seleção de oportunidades. Continuando a parceria, o recém-aprovado projeto “Observatório Educação e Cidades: Desigualdades de Oportunidades Educacionais e Dimensões da Alfabetização da Educação Básica no Estado do Rio de Janeiro”,articula três subprojetos sobre a temática das desigualdades educacionais, destacando a questão da alfabetização, e prioriza o Estado do Rio de Janeiro como lócus de investigação.

Reconhecendo a importância no estudo e desenvolvimento potencial de políticas de estímulo à qualidade e eqüidade da educação brasileira, o Observatório das Metrópoles busca, enquanto integrante do Observatório Educação CAPES/INEP, consolidar o conhecimento em aspectos pouco explorados de nosso quadro educacional.

Para ler o projeto Observatório Educação e Cidades: Desigualdades de Oportunidades Educacionais e Dimensões da Alfabetização da Educação Básica no Estado do Rio de Janeiroclique aqui. 

 

Tags: , , ,