Inscrições abertas até o dia 31 de julho para a Terceira Escola de Ciência Avançada em Mobilidades: Métodos Móveis (SPMob2021), que ocorrerá entre os dias 04 e 15 de outubro de 2021. Todas as atividades da SPMob2021 são gratuitas e acontecerão em formato virtual. O acesso às aulas será liberado apenas para as pessoas previamente inscritas.

O público-alvo são estudantes e pesquisadores/as prioritariamente das áreas de ciências humanas, sociais e sociais aplicadas. As atividades estão divididas em aulas temáticas e ateliês de pesquisa – para cada uma há procedimentos e exigências específicas. Saiba mais em: spmob2021.wixsite.com

Sobre o evento:

Desde os anos 2000, a chamada virada das mobilidades na teoria social vem desenhando uma nova agenda epistemológica. Ancorados em comunidades disciplinares diversas e trazendo perspectivas teóricas e analíticas plurais, pesquisadoras/es elegem como objeto as (i)mobilidades reais ou imaginadas, infraestruturais ou simbólicas, autorizadas ou criminalizadas de pessoas, objetos, imagens e informações. Ao fazê-lo, se vêem desafiadas/os a reconfigurar metodologias e técnicas de investigação (ver Büscher, Urry e Witchger, 2011; Büscher e Veloso, 2018; Büscher, Freudendal-Pedersen, Kesselring e Kristensen, 2020). Falar em métodos móveis significa, portanto, conceber e utilizar diferentes estratégias de pesquisa que permitam dar conta da natureza emergente dos fenômenos sociais, evitando-se o que John Urry duramente criticava com a expressão “sedentarismo epistemológico”. 

Como se opera, no campo empírico, com a premissa de que as mobilidades devem ser percebidas e tratadas de forma sistêmica, ou seja, como parte de regimes em que convergem práticas sociais, infraestruturas e narrativas? Como efetivamente dar conta dos deslocamentos que operam em diferentes escalas espaço-temporais, entre presenças e ausências, proximidades e distâncias? A que estratégias de coleta e criação, observação e análise podemos recorrer diante de experiências não fixas, múltiplas e complexas? Quais os limites e as possibilidades de assumir o “mover-se com” ou “mover-se por” como metodologia, para produzir não apenas conhecimento, mas também mobilidades mais justas?

Em contextos de pesquisa nos quais há impeditivos à circulação — quer pelos efeitos de uma pandemia que suspende os encontros face a face, quer pelos severos constrangimentos postos à atividade intelectual no tempo presente —, amplifica-se a necessidade de pensarmos coletivamente sobre essas questões. Sensível a esses desafios, a Terceira Escola de Ciência Avançada em Mobilidades: Métodos Móveis (SPMob2021) convida à reflexão crítica, criativa e politicamente engajada sobre os protocolos metodológicos das ciências humanas e sociais. 

A SPMob2021 retoma e avança, assim, as propostas da Primeira Escola de Mobilidades: Teoria e Métodos (SPMobilities2017) e da Segunda Escola de Mobilidades: (Des)Igualdades em movimento — (I)Mobilidades e o urbano na América Latina (SPMob2019). Se, naquelas duas ocasiões, não nos esquivamos de refletir sobre os aspectos metodológicos, dessa vez queremos fazer de tais reflexões nosso foco principal. Assim é que a SPMob2021 convoca estudantes que, regularmente matriculados em Programas de Pós-Graduação das áreas das Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas e de posse das lentes das mobilidades, queiram refletir criticamente sobre as vantagens heurísticas dos métodos móveis em oposição a observações de cunho “sedentário”. 

Teremos um conjunto de cinco aulas em que referências do campo compartilharão conosco suas experiências de pesquisas móveis com ênfase em uma metodologia ou técnica específica. Ademais, sem restringir possibilidades analíticas e temáticas, selecionaremos mestrandas/os e doutorandas/os para os Ateliês de Pesquisa, onde a dimensão propriamente metodológica de cada projeto será debatida com um corpo de especialistas. Estamos interessadas em candidaturas que, a partir de um objeto empírico bem definido, se engajem com a grade analítica das mobilidades e demonstrem que poderão se beneficiar do debate sobre o desenho e avaliação de técnicas, métodos e metodologias de documentação, acompanhamento e análise dos fluxos, fixos e fricções (ver Freire-Medeiros e Lages, 2020). 

Acesse: spmob2021.wixsite.com