A mais recente publicação do INCT Observatório das Metrópoles, o livro Desigualdades Urbanas e Desigualdades Escolares, faz parte de um conjunto mais amplo de investigações do Observatório que procuram evidenciar os limites urbanos à diminuição sustentável das desigualdades sociais nas grandes cidades brasileiras. Falando das desigualdades de oportunidades escolares, não obstante o esforço de universalização do ensino básico e do aumento da eficácia escolar, os artigos que compõem a publicação estudam os efeitos dos processos de segregação residencial e segmentação territorial na reprodução das desigualdades educativas.

Neste livro, discute-se a questão das desigualdades de oportunidades de escolarização, mas existem outras dimensões nos trabalhos de pesquisa desenvolvidos pelo Observatório que gerem evidências da existência de Limites Urbanos à Diminuição das Desigualdades Sociais. É o caso das pesquisas relacionadas com trabalhos sobre segregação residencial e mercado de trabalho e segregação residencial e bem-estar urbano.

O livro Desigualdades Urbanas e Desigualdades Escolares é fruto de uma proveitosa parceria que conta com um histórico de colaboração prévia: o Laboratório de Avaliação da Educação, do Departamento de Educação da PUC – Rio; IFCH/UERJ; IFCS/UFRJ; Faculdade de Educação UFRJ.  Vale destacar que o livro registra apenas uma parcela de colaboração entre os membros da equipe. Outros resultados de pesquisa já foram publicados, como é o caso do livro “A Cidade contra a Escola? Segregação Urbana e Desigualdades Educacionais em grandes cidades da América Latina, que discute a relação entre segregação residencial e as oportunidades educacionais de crianças e jovens na América Latina.

De forma a dar continuidade aos estudos iniciados em 2005, o INCT Observatório das Metrópoles segue com os estudos na linha Organização Social do Território e Desigualdades de oportunidades Educativas. O Observatório também segue como integrante do Projeto Observatório Educação e Cidade/INEP-CAPES, que tem como temática central as desigualdades de oportunidades educacionais, considerando de forma integrada os diferentes contextos e agentes atuantes nesse processo: o da cidade, o da escola e o da família.

Analisando a relação entre estas três esferas, o livro Desigualdades Urbanas e Desigualdades Escolares traz resultados de pesquisas docente e discente, ilustrando a forma como a violência urbana e a segregação resindecial podem afetar, por exemplo, a busca por melhores escolas. É o caso do estudo realizado por uma das pesquisadoras que compõe a equipe do Observatório Educação e Cidades, Patricia Novaes, que mostra as dificuldades de famílias moradoras na favela da Rocinha que não podem matricular seus filhos na Escola da Gávea, uma das melhores do Rio de Janeiro e muito perto da favela, em razão da violência obrigarem estas famílias a matricularem um CIEP localizado dentro da favela da Rocinha, mesmo sabendo que esta escola é pior que a da Gávea.
Sumário Desigualdades Urbanas e Desigualdades Escolares
Introdução – Luiz Cesar Ribeiro, Mariane Koslinski, Fátima Alves e  Cristiane Lasmar

Parte 1: Da Cidade à Escola    

A metropolização da questão social e as desigualdades de oportunidades educacionais no Brasil
Luiz Cesar Ribeiro e Mariane Koslinski
Geografia objetiva de oportunidades educacionais na cidade do Rio de Janeiro
Fátima Alves, Wolfram Lange e Alicia Bonamino
Entre a escola e o mercado de trabalho: análise da situação dos jovens na cidade do Rio de Janeiro
André Ricardo Salata e Maria Josefina Gabriel Sant´Anna
Os limites urbanos da democratização das oportunidades educacionais
Luiz Cesar Ribeiro e Mariane Koslinski
As classes populares e a valorização da educação no Brasil
Maria Ligia de Oliveira Barbosa e Maria Josefina Gabriel Sant´Anna
Jovens, escolas e museus: os efeitos dos diferentes capitais
Sibele Cazelli
Box I: Educação e Trabalho: explorando potencialidades na PNAD para pesquisas sociais
Ligia Costa e Marcelo Ribeiro
Parte 2: Da Escola à Cidade    
Jovens, escola e mercado de trabalho: desfiliação institucional na baixada fluminense
André  Rangel
Escolhas familiares e oportunidades educacionais no Rio de Janeiro
Carolina Zuccarelli e Gabriel Cid
A escola na favela ou a favela na escola?
Ana Carolina Cristóvão e Mariana Milão
Box II: Clima educativo domiciliar e sua distribuição territorial na região metropolitana do Rio de Janeiro
Filipe Souza Corrêa e Juciano Martins  Rodrigues