Medos na cidade e/ou medos da cidade

By 16/03/2011janeiro 29th, 2018Notícias, Revistas Científicas

Neste artigo, o mestre em Sociologia pela Universidade de Brasília (UnB), Jean Carlos Camargo, faz uma análise dos medos urbanos entre moradores de Brasília (Plano Piloto) a partir de uma abordagem que conjuga sociologia urbana a uma perspectiva afinada com a sociologia psicológica. O autor investigou se os medos se articulam a um padrão de comportamento e interação social e se formas de classificação reiteram a segregação socioespacial. A partir de entrevistas semiestruturadas, busquei captar sensações, valores e práticas, seguindo a lógica de classificação dos entrevistados. O espaço urbano de todo DF oferece o quadrante para julgamentos classificatórios.

As classificações de espaços precedem e orientam representações relacionadas a medos. Os moradores materializam as causas de seus medos em determinados espaços e indivíduos considerados perigosos. A pesquisa evidenciou como as experiências citadinas dos brasilienses participam da configuração dos medos urbanos.

Clique aqui e acesse o artigo na e-metropolis n°4.

 

Escrito por Observatório|Última atualização em Qua, 16 de Março de 2011 23:12