Megaeventos e Política Urbana

Os megaeventos e a política urbana | por Nelma Gusmão

O que a estratégia de sediar megaeventos pode nos dizer sobre a política urbana? Esta é a questão central que conduz o olhar de Matthew Burbank, Greg Andranovich e Charles Heyng sobre três edições de um dos mais expressivos megaeventos da contemporaneidade, os Jogos Olímpicos. No livro “Olympic Dreams: The Impact of Mega-Events on Local Politic”, eles refletem sobre política urbana, especificamente a política urbana contemporânea nas cidades americanas a partir de três estudos de caso, os Jogos Olímpicos de Verão de Los Angeles (1984) e de Atlanta (1996), e os Jogos de Inverno de Salt Lake City (2002).

Vasta tem sido a literatura que trata da relação entre os megaeventos e a cidade. A maioria dessa produção, entretanto, tem se dedicado à dimensão espacial e econômica dos impactos produzidos. Ultimamente, o interesse na dimensão simbólica tem crescido, mas, ainda hoje, pouca tem sido a atenção conferida à dimensão política de tais acontecimentos. O livro publicado em 2001 apresenta um trabalho pioneiro nessa direção.

Leia a resenha completa sobre o livro “Olympic Dreams: The Impact of Mega-Events on Local Politic”, escrita pela professora Nelma Gusmão, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), na edição nº 07 da e-metropolis.

 

Tags: ,