Metropolitan Governance in The Federalist Americas

By 24/01/2013janeiro 18th, 2018Publicações

Apesar do rápido processo de metropolização em toda a América, poucos estudos examinaram as novas estruturas de governança necessárias para lidar com a questão da participação dos cidadãos e os desafios para enfrentar o aumento das desigualdades urbanas. Em “Metropolitan Governance in The Federalist Americas”, Robert H. Wilson e colaboradores analisam as principais áreas metropolitanas em seis países federalistas das Américas. Usando um quadro de investigação comparativa, eles examinam as formas, funções, legitimidade e desempenho de emergentes estruturas governamentais.

O livro “Metropolitan Governance in The Federalist Americas”, de Robert H. Wilson, Peter K. Spink, Peter M. Ward, propõe uma análise das principais áreas metropolitanas em seis países federalistas das Américas: Argentina, Brasil, Canadá, México, Estados Unidos e Venezuela. Partindo do pressuposto de que a expansão metropolitana é decorrente da falta de uma estrutura unificada governamental, os autores se utilizam de um quadro de investigação comparativa para examinar as formas, funções, legitimidade e desempenho de emergentes estruturas governamentais.

O estudo cross-nacional mostra que as estruturas institucionais existentes e os sistemas políticos impedem a colaboração entre governos em áreas metropolitanas. Isso porque os modelos relativamente pouco bem-sucedidos a nível local e o desinteresse por parte dos governos federal, governos regionais-estados e províncias, parecem fornecer as bases para a construção governos metropolitanos pragmáticos, mais do que fornecer serviços de forma eficiente. Porque não há nenhum caminho direto para atingir tais novas estruturas, os autores solicitam a reforma nos níveis estadual e local, para atender a necessidade de trabalhar as políticas e estruturas de gestão que melhor funcionam dentro de suas próprias políticas.

Robert H. Wilson é professor de Política Urbana e reitor associado da Escola Lyndon B. Johnson de Assuntos Públicos da Universidade do Texas, em Austin.

Peter K. Spink é professor de administração pública e governo em São Paulo Escola de Administração de Empresas, da Fundação Getúlio Vargas.

Peter M. Ward é o presidente em Relações EUA-México no Colégio de Artes Liberais na Universidade do Texas em Austin.

Colaboradores: Roberta Clemente, David J. Myers, Pedro Pirez, Hector Robles, Andrew Sancton, Marco Antonio Teixeira.

“Governança Metropolitana nas Américas Federalista faz uma contribuição importante para o debate mais amplo sobre o governo subnacional e para o debate específico sobre a governança metropolitana. Os autores fornecem uma descrição, excelente acesso e explicação da grande variação de formas, regras e resultados associados à governança metropolitana nas Américas. Uma característica importante e útil do volume é a inclusão dos autores de estudos de caso: eles permitem que o leitor a pensar produtivamente sobre história política, da economia, e do contexto sócio-cultural “-. Brian Wampler, Boise State University

 

Para mais informações sobre o livro “Metropolitan Governance in The Federalist Americas”, acesse o site daEscola Lyndon B. Johnson (Austin/Texas).

Última modificação em 24-01-2013 00:35:28