Observatório passa por avaliação do Programa INCT

Nos dias 23 e 24 de novembro foi realizado em Brasília o 1° Seminário de Avaliação dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCT’s), programa de excelência do MCT/CNPQ, voltado para a promoção do desenvolvimento da ciência e tecnologia no país. Criado em dezembro de 2008 pelo CNPq e Ministério da Ciência e Tecnologia, o Programa INCT conta com recursos de mais de R$ 600 milhões e está presente em todas as regiões brasileiras.

Entre as metas do Programa INCT estão a possibilidade de mobilizar e agregar de forma articulada os melhores grupos de pesquisa em áreas de fronteira da ciência e em áreas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do país e, estimular o desenvolvimento da pesquisa científica e tecnológica de ponta associada a aplicações para promover a inovação e o espírito empreendedor, além de buscar parcerias no âmbito internacional para o desenvolvimento de projetos conjuntos de pesquisa.

O Encontro reuniu cerca de 500 pessoas, entre pesquisadores, avaliadores e consultores nacionais e internacionais, com os objetivos de avaliar o que realizaram os INCT’s no período 2009/2011 e de recolher subsídios para orientar a decisão do CNPq, FAPs e demais instituições integrantes do programa, quanto a continuidade dos Institutos por mais 2 anos.  O INCT Observatório das Metrópoles esteve representado pelo Coordenador Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro, pela Vice-Coordenadora Suzana Pasternak (USP), pelo professor do IPPUR/UFRJ e membro do Comitê Gestor do Observatório, Orlando Junior, pelo professor da UNB, Rômulo Ribeiro e pelo pesquisador Juciano Rodrigues.

Nos dois dias de encontro, foram apresentados os resultados dos INCT’s e, além disso, todos contaram com estandes onde o público pôde acessar material de divulgação, assistir a vídeos e experimentos e se inteirar dos detalhes do funcionamento de cada Instituto.

Na apresentação do Observatório, realizado pelo Coordenador Luiz Cesar Ribeiro, foram destacados pontos importantes relacionados à história, à organização e ao funcionamento da rede que reúne mais de 90 pesquisadores. Além disso, foram apresentados os avanços no que diz respeito à produção científica, às conexões internacionais e aos impactos na formação de recursos humanos, resultantes das atividades desenvolvidas no âmbito do INCT Observatório das Metrópoles.

O encontro abriu as possibilidades para as importantes interlocuções com os outros INCT’s, principalmente da área de ciências humanas e sociais. Nesse sentido, destaca-se a parceria que vem sendo gerada entre o Observatório das Metrópoles e INCT-InEAC, cuja sede fica na Universidade Federal Fluminense, sob coordenação nacional do professor Roberto Kant. Na oportunidade, foi divulgado o vídeo desenvolvido para a apresentação institucional do INCT Observatório das Metrópoles.

Assista o vídeo desenvolvido para a apresentação institucional do INCT Observatório das Metrópoles

 

Clique aqui e acesse a apresentação em Powerpoint.

Conheça o INCT-INEAC.

 

 

Tags: , ,