Observatório na AAG/EUA: Rio de Janeiro, megaeventos e o direito à cidade

By 03/04/2013janeiro 19th, 2018Eventos

Observatório na AAG/EUA: Rio de Janeiro, megaeventos e o direito à cidade

O direito à cidade está comprometido na paisagem urbana do Rio de Janeiro. Sob o advento da Copa 2014 e Olimpíadas 2016 a cidade passa por uma reestruturação do seu território, com a entrada de capitais especulativos, revalorização imobiliária e projetos de infraestrutura estabelecendo novas regras de governança e de ação social.  Pesquisadores do Observatório das Metrópoles participam, no período de 9 a 13 de abril, do Encontro Anual da Associação Americana de Geógrafos, que será realizado na Califórnia (EUA), com o propósito de debater as transformações recentes no Rio no contexto dos megaeventos esportivos.

Os pesquisadores Christopher Gaffney, Demian Castro, Érick Omena e Marianna Olinger irão apresentar, na sessão temática “Justiça Social e Cidade Maravilhosa: Copa do Mundo, Olimpíadas e Desapropriação no Rio de Janeiro” do Encontro da Associação Americana de Geógrafos (EUA), parte dos resultados do projeto “Metropolização e Megaeventos”. Iniciativa do Observatório das Metrópoles com financiamento da Finep, o projeto visa o monitoramento das transformações urbanas e sociais que estão ocorrendo no Brasil decorrentes das obras de preparação para os megaeventos esportivos – Copa do Mundo Fifa 2014 e Jogos Olímpicos 2016.

Veja a seguir o resumo dos trabalhos que serão apresentados pelos pesquisadores do Observatório das Metrópoles no encontro da AAG/EUA.

Movimentos sociais na Cidade Maravilhosa: articulações, ansiedades e possibilidades (Chris Gaffney)

A favela da cidade-mercadoria: a desconstrução de uma questão social (Marianna Olinger)

Mudanças e continuidades na gestão urbana brasileira (Érick Omena)

O projeto olímpico do Rio de Janeiro: mercantilização do espaço urbano, a acumulação por espoliação e do desenvolvimento desigual (Demian Castro)

 

03-04-2013