O Processo de Neoliberalização no Rio de Janeiro e o legado dos Megaeventos (vídeo)

Ocorreu no dia 07 de dezembro de 2018, no âmbito do Congresso Observatório das Metrópoles 20 Anos, a Sessão Rio “O Processo de Neoliberalização no Rio de Janeiro e o legado dos Megaeventos“. A sessão foi estruturada em cinco momentos:

  • Apresentação do projeto | Humberto Meza (IPPUR/UFRJ)
  • Gentrificação e Embraquecimento nas periferias latino-americanas: Questões Metodológicas e abordagens teóricas | Ernesto Lopez Morales, (Universidad de Chile)
  • O processo de neoliberalização no Rio e o atual contexto de crise pós-megaeventos: o caso do Porto Maravilha | Orlando Santos Junior (IPPUR/UFRJ)
  • A formação em Cidadania nas escolas do Rio e o Direito à Cidade | Filippo Bignami (DEASS/SUPSI)
  • A experiência do Rio como fracasso da cidade global e do processo de neoliberalização | Bruno Leonardo Sobral (UERJ)

A cidade do Rio de Janeiro foi palco de uma década de eventos globais que alavancou, por sua vez, um conjunto de transformações urbanas, políticas e econômicas com consequências sensíveis para o desenvolvimento econômico e o futuro político do próprio estado fluminense. Estas transformações aconteceram num pano de convergência institucional, bem como de interações dos vários agentes na manutenção da ordem urbana atual. Como resultado, nos últimos dois anos, o estado do Rio de Janeiro (e particularmente a cidade do Rio, como o mais importante centro urbano) atravessou momentos institucionais traumáticos, associado a uma falência geral do Estado.

A Sessão Rio é produto do projeto de pesquisa Urban Regimes and Citizenship realizado pelo Observatório das Metrópoles em parceria com o Departamento de Economia, Saúde e Ciências Sociais (DEASS) da University of Applied Sciences and Arts of Southern Switzerland (SUPSI) de Lugano, Suíça.

Confira abaixo o vídeo da sessão na íntegra:

 

Tags: , , , ,

 

Mais Posts em Vídeos